Frontal o que é? Dá sono? Emagrece? Para que serve? Como usar?

Você já deve ter ouvido falar sobre o medicamento Frontal – um conhecido ansiolítico.

Muitas pessoas, porém, têm dúvidas em relação ao remédio, como: se ele dá sono, se emagrece, para o que realmente serve, como usar e como adquirir.

Quer ficar por dentro de todas essas informações e outras sobre o Frontal? Então, não saia dessa página. Aqui, você esclarecerá todas essas dúvidas e saberá outras coisas muito importantes sobre o Frontal, agora mesmo!

O que é Frontal comprimido 0,25 mg, 0,5 mg ou 1,0 mg?

 

Frontal é um medicamento pertencente à classe dos benzodiazepínicos (ansiolíticos). É fabricado pelo Laboratório Pfizer é está indicado para o uso oral por pessoas a partir dos 18 anos de idade.

A substância ativa do Frontal é o Alprazolam.

Tem apresentação em comprimidos revestidos com dosagens de: 0,25mg; 0,5 mg; e 1,0 mg.

O medicamento Frontal dá sono?

 

Por ser um medicamento com efeito ansiolítico, o Frontal causa certo relaxamento, que pode dar sono em alguns usuários. No entanto, se a medicação for usada de acordo com as orientações médicas, o paciente pode não manifestar esse efeito colateral com o uso do Frontal.

O remédio Frontal emagrece mesmo?

Não. O remédio Frontal não está indicado para emagrecer. Ele pode ser usado em tratamentos onde a pessoa come demais por ansiedade.

No entanto, em geral, os médicos preferem indicar outras drogas para a compulsão alimentar, que não o Frontal.

Para que serve o medicamento Frontal?

 

O medicamento Frontal serve como um ansiolítico que contribui em tratamentos de Transtornos da Ansiedade. Porém, não deve ser administrado como substituto no caso de quadros psicose (como alucinações de delírios) – pois pode piorar esses problemas.

Frontal tende aliviar os desagradáveis sintomas dos Transtornos de Ansiedade, como:

  • Medo inexplicável;
  • Tensão;
  • Apreensão;
  • Dificuldades para se concentrar;
  • Intranquilidade;
  • Insônia e problemas para adormecer;
  • Irritação neurovegetativa, como respiração ofegante, superficial e curta, com sensação de sufocamento e falta de ar;
  • Palpitações e aumento dos batimentos cardíacos;
  • Sudorese aumentada, principalmente na mão;
  • Sensações de tontura;
  • Secura na boca;
  • Rubores faciais;
  • Diarreias repentinas;
  • Alterações na voz; entre outros sinais.

A medicação Frontal ainda é recomendada para tratar Transtornos da Ansiedade acompanhado de outros problemas, como:

  • Abstinência de álcool;
  • Agorafobia – medo de lugares com muita gente ou locais fechados ou abertos;
  • Transtorno do Pânico, sem ou com agorafobia; entre outros diagnósticos.

Como usar o medicamento Frontal 0,25 mg, 0,5 mg ou 1,0 mg

 

Frontal 0,25 mg, 0,5 mg ou 1,0 mg deve ser usado de acordo com a prescrição médica. No entanto, a posologia comum para a medicação é:

  • Uso de Frontal por pacientes adultos: a dose habitual do medicamento varia com a intensidade dos sintomas e a resposta ao tratamento. No entanto, maioria dos pacientes começam com doses pequenas, que podem ser aumentadas por indicação médica gradativamente. Caso exista a necessidade de doses elevadas de Frontal, elas devem ser aumentadas com cuidados, para evitar efeitos adversos desagradáveis ao paciente.
  • Uso de Frontal por crianças: o medicamento é indicado apenas para pessoas a partir de 18 anos de idade. A segurança e a eficácia para pacientes abaixo dessa faixa etária não foram estabelecidas.
  • Uso de Frontal por pessoas idosas ou debilitadas: nesses casos, são indicadas as menores doses possíveis e eficazes de Frontal, para evitar efeitos adversos, como ataxia (dificuldade para coordenar movimentos) e sedação excessiva.
  • Duração do Tratamento do Frontal: De acordo com estudos, o tempo máximo do tratamento com Frontal para problemas de Transtornos de Ansiedade é de até 6 ou 8 meses. Isso porque essa classe de medicamentos, se usada por tempos prolongados, costuma causar tolerância do paciente em relação à medicação – fazendo com que ele precise tomar doses maiores para obter os mesmos resultados, além da dependência em relação ao remédio.
  • Interrupção do tratamento com Frontal: o medicamento não deve ser retirado de forma abrupta. As doses devem ser reduzidas lenta e gradativamente, conforme a prescrição médica. Indica-se, por exemplo, que Frontal tenha a dose reduzida em 0,5 mg a cada 3 ou 4 dias. Em alguns casos, a redução da de Frontal necessita ser ainda mais lenta.
  • Dosagem recomendadas:
  1. Transtornos de ansiedade: doses de 0,25 mg a 0,5 mg, por 3 vezes ao dia. A dose não deve ultrapassar os 4,0 mg diários de Frontal.
  1. Transtorno do Pânico: indica-se a dose de 0,5 mg a 1,0 mg de Frontal antes de dormir ou, então, doses de 0,5 mg tomadas 3 vezes ao dia: pela manhã, à tarde e à noite.

Além disso, outras recomendações em relação ao uso de Frontal são importantes, como:

  • Dose inicial: recomenda-se iniciar o tratamento com 0, 25 ou 0,5 mg do medicamento.
  • Limites das doses diárias: as doses devem ser ajustadas de acordo com a resposta do paciente e a orientação do médico. Os aumentos na dosagem devem ser de no máximo 1 mg a cada 3 ou 4 dias.
  • Em casos raros, há pacientes que podem precisar de uma dosagem máxima diária de 10 mg de Frontal.
  • Pacientes idosos ou em condições de debilidade devem receber doses máximas de 0,25mg, por 2 ou 3 vezes ao dia de Frontal.
  • A tomada da medicação deve sempre seguir a indicação do médico, respeitando os horários, a dosagem e a duração do seu tratamento.
  • O tratamento com Frontal não deve ser interrompido sem o conhecimento do médico, pois pode causar exarcebação dos sintomas dos Transtornos da Ansiedade, além de efeitos colaterais desagradáveis.
  • Frontal deve ser ingerido com líquidos e nunca ter os comprimidos mastigados.

Como adquirir Frontal

 

Por se tratar de um medicamento da classe dos benzodiazepínicos, Frontal só pode ser adquirido com a apresentação e a retenção da receita médica (receita azul).

Frontal: cuidados no uso

 

Por esse material tivemos conhecimentos para o que serve o Frontal. Além disso, pudemos saber as principais recomendações do uso do medicamento e que ele não é indicado para o emagrecimento.

Além disso, Frontal é um ansiolítico (benzodiazepínico), ou seja, seu uso abusivo e sem indicação médica pode causar diversos problemas ao usuários, como tolerância e dependência do medicamento. O remédio só pode ser adquirido com a retenção da receita médica, portanto, se você sente que sofre de algum dos problemas tratados pelo uso de Frontal, não tente adquirir o medicamento por outras vias, procure um médico, de preferência, psiquiátrica.

Não coloque a sua saúde em risco com a automedicação!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios