Cuscuz engorda? Ajuda a emagrecer na quantidade certa!

Com política do bem-estar em alta, muitos procuram alternativas, ou ainda alimentos que possam auxiliar no emagrecimento de modo saudável.

Se você ama cuscuz e está iniciando uma nova dieta, é importante que se saiba como esse alimento pode interferir. Posto que durante processo de readaptação, se recomenda não abdicar 100% de seus alimentos preferidos.

Ainda assim, se você é um adorador de cuscuz saiba que ele pode ser tão benéfico quanto qualquer outro alimento. Ou seja, durante o processo de emagrecimento, o cuscuz somente será seu vilão se você quiser que ele seja.

Conheça os benefícios do cuscuz para a saúde

Quem tem o costume de consumir esse alimento algumas vezes na semana já deve ter se perguntado se cuscuz engorda. Afinal, o floco de milho utilizado na maioria das receitas deste prato são carboidratos.

Entretanto, se preparado de forma correta, o cuscuz pode se tornar um alimento que pode trazer grandes benefícios. Dessa forma, temos que a iguaria nordestina, será bastante saudável, pois possui as seguintes vantagens:

  • Rico em vitaminas e proteínas essenciais para o funcionamento do nosso organismo
  • Auxilia no controle do colesterol, pois as fibras presentes no cuscuz são capazes de fazer uma limpeza nos vasos sanguíneos e artérias, fazendo a eliminação de LDL, o colesterol ruim
  • Fonte de energia por conta da proteína existente no alimento
  • Possui ação antioxidante ajuda no fortalecimento da imunidade

Sendo assim, o cuscuz pode ser um alimento altamente saudável se consumido de maneira moderada. No entanto, não deve ser acompanhado de outras fontes de carboidrato como arroz.

Além disso, o cuscuz possui maiores quantidades de proteínas que o próprio arroz integral. Também é superior em vitamina B e fibras, que auxiliam na digestão e no emagrecimento.

Cuscuz de milho emagrece?

O floco do milho, principal ingrediente do cuscuz, é um alimento composto, em grande parte, por carboidratos. Logo, muitos acreditam que a iguaria por si só atrapalharia o emagrecimento.

Tal informação é inverídica, posto que o floco de milho também possui em sua composição proteínas e vitaminas. Entre as vitaminas, temos a B6, que auxilia na produção de anticorpos o que mantem nosso corpo livre de doenças.

Também é rico em fibras que nos ajudam na prevenção contra o colesterol e diminuição dos níveis de açucares no sangue. Ainda há ferro, zinco, magnésio e fosforo, exemplos de minerais que tornam o alimento ainda mais completo.

Apesar de ser um alimento rico e benéfico, não podemos esquecer que também é um alimento quase completamente composto por carboidrato.

Não há uma quantidade exata para seu consumo, mas é importante saber que ele fará bem a saúde apenas se sua preparação for feita de um modo saudável e simples. Se o cuscuz engorda ou não, dependerá muito da forma como está sendo preparado.

Como é consumido o cuscuz em suas regiões típicas

(Foto: Divulgação/Google/Imagens – Imagens livre de direitos autorais)

Em algumas regiões do país, o cuscuz é um alimento realmente incluindo no dia a dia do Brasileiro, principalmente nas regiões nordeste e sudeste. Logo, existem diversas formas diferentes e saborosas de se preparar o cuscuz.

Na região norte os brasileiros costumam comer cuscuz no café da manhã, o que torna o preparado desse alimento algo mais simples e leve para uma refeição matinal.

Já os nordestinos não estão preocupados se o cuscuz engorda ou não. Pois de qualquer maneira consomem o alimento, posto já fazer parte de sua rotina. Mas de qualquer forma, acaba sendo benéfico para sua dieta.

Independentemente da região que se localiza, o que importa é a forma de preparo e como a iguaria é consumida. Além disso, deve-se delimitar o consumo, atendendo a real necessidade de carboidrato do organismo.

Se havia o receio de precisar cortar o seu cuscuz da dieta, agora não mais com o que se preocupar. Isso porque você poderá manter o seu consumo, sem deixar de ter uma dieta balanceada com foco no emagrecimento.

Ou seja, o cuscuz engorda somente se consumido em excesso, e se acompanhado exageradamente de outras fontes de carboidratos. Além do preparo da massa desse prato, também deve-se atentar às outras partes.

Como prepara cuscuz

Se o cuscuz se tornar um bolo cheio de massa e recheio, consequentemente haverá quantidade elevada de açúcar. Isso fará com que afete diretamente os benefícios que o cuscuz pode trazer.

Assim como for acrescido de molhos pesados, gordura de carne, legumes cozidos com bastante sal, também pode afetar suas vantagens.

Ou seja, deve-se evitar preparar o cuscuz de modo que seus nutrientes e vitaminas possam ser absorvidos pelo organismo. Além de se evitar o excesso de gorduras produzidos em molhos e acompanhamentos

Portanto, o cuscuz pode sim vir a ser um alimento capaz de lhe causar algum ganho de peso. Isso não significa que o cuscuz em si foi o que lhe causou ganho de peso, mas sim a forma como ele foi preparado.

Desse modo, é importante que se tenha cuidado com a forma como se prepara seu alimento. A seguir, veja uma forma saudável de se preparar o cuscuz com flocos de arroz, que é mais leve e saudável do que os flocos de milho:

  • Três colheres de (sopa) de flocos de arroz
  • Uma colher e meia (chá) de açúcar
  • Uma medida de água
  • Sal e açúcar (a gosto).

Para prepara-lo, basta misturar todos os ingredientes em uma vasilha e deixar descansando por alguns minutos. Caso prefira, pode manter em descanso de um dia para o outro.

Em seguida, leve para a cuscuzeira á água fervente, e espere por aproximados 5 a 10 minutos. Após esse tempo, basta desenformar e servir, com os acompanhamentos de seu gosto.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fechar
error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios