Cloreto de magnésio: O que é? Para que serve? Como tomar? Conheça os 5 Benefícios!

A suplementação com cloreto de magnésio pode garantir diversos benefícios para o seu organismo. Continue lendo para descobrir tudo sobre o mineral que promete blindar a sua saúde.

Está à procura de uma forma simples de garantir saúde e longevidade ao seu corpo e protegê-lo de doenças metabólicas? Então este é o artigo certo para você.

Nos próximos tópicos você irá descobrir tudo sobre o cloreto de magnésio, o mineral essencial que pode, literalmente, levar energia e proteção as suas células.

Saiba os 5 benefícios do cloreto de magnésio para a saúde

 

O cloreto de magnésio tem suma importância para a nossa saúde, pois, quando absorvido pelo nosso organismo, participa de mais de trezentas reações enzimáticas. Além de ser um recurso imprescindível para que nossas células trabalhem a todo vapor.

Abaixo preparamos uma lista contendo os cinco principais benefícios da sua utilização:

1-  O cloreto de magnésio melhora as funções cardíacas

O cloreto de magnésio atua no sistema muscular, auxiliando as células a terem energia para realizar as contrações corretamente. Quando o magnésio está em níveis altos no organismo, as células musculares não ficam fatigadas.

Como o coração é um órgão essencialmente muscular, a presença do magnésio faz com que ele mantenha o ritmo cardíaco normal. Evitando oscilações que poderiam levar a complicações sérias, uma vez que são os batimentos do coração que propiciam a oxigenação e nutrição das células do corpo.

Muitos estudos têm sido realizados atrelando os níveis de magnésio e a saúde cardíaca. Os resultados ainda precisam passar por análises mais criteriosas, mas sabe-se que pacientes que apresentam doenças cardíacas tendem a possuir baixos níveis de magnésio no organismo.

2-   Aliado no tratamento da diabetes

O magnésio tem influência direta na absorção de açúcares em nosso organismo, pois é a partir desse mineral essencial que a insulina é sintetizada. A insulina é um hormônio produzido no pâncreas e é responsável por levar a glicose do nosso sangue até as células.

Portanto, pessoas com diabetes podem se beneficiar da suplementação com cloreto de magnésio. Uma vez que o mesmo incentivará a produção da insulina no corpo e irá melhorar o seu desempenho no transporte da glicose até as células.

É claro que o efeito benéfico do cloreto de magnésio não será observado se o paciente não seguir corretamente todo o tratamento prescrito pelo médico, bem como as regras alimentares.

Porém estudos recentes têm associado baixos níveis de magnésio no corpo com casos agudos de diabetes tipo dois.

3- Reduz enxaquecas

A maior parte dos casos de enxaqueca estão relacionados com a contração dos vasos sanguíneos na região encefálica. A boa notícia é que o magnésio possui atuação comprovada de relaxamento dos vasos no corpo.

Portanto, durante episódios de enxaqueca, ingerir o cloreto de magnésio fará com que seus vasos sanguíneos voltem a ficar relaxados, diminuindo ou acabando com a dor. O melhor é que suplementar continuamente este mineral prevenirá episódios de cefaleia.

4- Melhora a digestão e absorção de nutrientes

O magnésio participa ativamente na produção de ácido clorídrico no estômago. Tal ácido é responsável pela digestão química dos alimentos que ingerimos. Com o passar da idade, tendemos a produzir menos ácido clorídrico, dificultando a digestão e a posterior absorção dos nutrientes no intestino.

Quando suplementamos o nosso organismo com cloreto de magnésio, asseguramos que o nosso estômago realize a digestão no desempenho máximo. Conseguindo, através disso, uma melhor absorção de vitaminas, minerais e micronutrientes.

5- Ajuda a evitar crises de asma

 

As crises de asma estão relacionadas com a contração dos vasos sanguíneos presentes nos brônquios. Portanto, como o magnésio atua no relaxamento dos vasos, ele pode ajudar a crise a passar mais rápido.

E, se for suplementado regularmente, através da ingestão de cloreto de magnésio, pode auxiliar na prevenção do organismo contra tais crises.

(Foto: Divulgação/Google/Imagens – Imagens livre de direitos autorais)

O que é cloreto de magnésio?

 

O magnésio é um mineral essencial para o nosso organismo, atuando em nosso sistema esquelético, muscular e nervoso.

Este mineral participa de incontáveis reações metabólicas que nos auxiliam, por exemplo, na regulação da pressão arterial e dos níveis de açúcar no sangue.

Portanto, devemos estar sempre atentos à reposição dos níveis de magnésio no nosso corpo, já que não temos a capacidade de sintetizá-lo naturalmente. Um dos meios para efetuar tal reposição é através da alimentação, comendo, por exemplo, sementes de abóbora e castanhas-do-pará.

Porém, um meio de nutrir seu corpo com este mineral essencial, sem precisar estar sempre atento a sua alimentação, é utilizar o cloreto de magnésio como suplemento.

Assim que ingerido, o cloreto de magnésio é rapidamente assimilado pelo corpo, sendo absorvido nas primeiras porções do intestino delgado na forma de magnésio livre.

Assim que é absorvido, o magnésio é conduzido através da nossa corrente sanguínea por todo o corpo. Chegando às células, tecidos e órgãos que mais necessitam de sua ação.

Este suplemento pode ser facilmente encontrado em farmácias e lojas de produtos naturais. Sendo comercializado como um sal inorgânico que é bastante amargo ao paladar.

Para que serve o mineral cloreto de magnésio?

 

O cloreto de magnésio, inicialmente, foi desenvolvido para atuar como um medicamento laxativo. Sendo comumente indicado para tratar quadros de prisão de ventre e constipação.

Porém, a medida em que a relevância do magnésio para o nosso organismo foi descoberta, o cloreto de magnésio passou a ser utilizado como forma de suplementação deste mineral essencial.

Hoje em dia sabemos que níveis baixos de magnésio no corpo estão relacionados com o aumento da pressão arterial, arritmia, espasmos, contrações musculares involuntárias, má absorção de nutrientes e diabetes.

Isso acontece porque este mineral essencial participa de diversos processos metabólicos em nosso organismo, sendo necessário em praticamente todos os tecidos e órgãos que possuímos.

A única forma de consumirmos magnésio puro é através da alimentação, porém existem diversas formas de suplementação disponíveis no mercado. Dentre elas, o cloreto de magnésio é a mais indicada, pois a sua composição é de fácil assimilação pelo nosso organismo.

Como tomar o mineral cloreto de magnésio?

 

A ingestão de cloreto de magnésio é bastante simples. Cada embalagem deste mineral apresenta 33 gramas de produto. Para realizar a suplementação diária, o recomendado é diluir estes 33 gramas em 1 litro de água mineral.

Você deve consumir entre 1 e 2 copinhos de café por dia. Tome cuidado para não exagerar na dose, para não correr o risco de soltar o intestino demais. Cabe salientar que pessoas com insuficiência renal não devem fazer uso do cloreto de magnésio.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios