Jair Messias Bolsonaro – Quem é?

Quem é Bolsonaro? Jair Messias Bolsonaro é natural de Campinas – São Paulo. É Deputado Federal, estando no seu 7º mandato. Foi eleito, pela última vez, em 2014, pelo Partido Progressista (PP).

Além de militar, Bolsonaro possui em extensa carreira política. A seguir, você confere os cargos públicos que o Deputado já ocupou e fatos relevantes de sua vida política:

  • 1988: Bolsonaro foi eleito para ocupar a Câmara Municipal da cidade do Rio de Janeiro, pelo Partido Democrata Cristão (PDC).
  • 1990: É eleito Deputado Federal pelo PDC. Assim, renuncia ao cargo de vereador para tomar posse na Câmara dos Deputados, no ano de 1991
  • 1993: Bolsonaro participa da fundação do Partido Progressista Reformador (PPR) – que surge da junção do Partido Democrático Social (PDS) e do PDC.
  • 1993: O Deputado envolve-se em uma polêmica ao afirmar que algumas leis atrapalhavam o poder do exército brasileiro e ao defender um “regime de exceção”, além do fechamento do Congresso Nacional. Bolsonaro teria declarado que no regime de exceção bastava que o chefe de estado eliminasse com uma caneta qualquer lei que o estivesse atrapalhando.

Com isso, Bolsonaro foi acusado de crime de ofensa à Constituição, ao regime da Câmara, além de crime contra a segurança nacional.

  • 1994: O Deputado foi reeleito e voltou a fazer declarações sobre o fechamento do Congresso Nacional e afirmou: “prefiro sobreviver no regime militar a morrer nesta democracia”.
  • 1995: Passa a ser filiado ao Partido Progressista Brasileiro (PPB) – uma fusão entre o PPR e PP.
  • 1998: Bolsonaro encontra-se em seu 3º mandato como Deputado Federal e se candidata à presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Tal fato gerou a reação de diversos segmentos da sociedade.
  • 2002: Bolsonaro é efeito pela 4º vez como Deputado Federal pelo PPB. Neste mesmo ano, porém, o político filia-se ao PTB.
  • 2005: O Deputado sai do PTB e passa a ser filiado ao PFL. No mesmo ano, deixa o PFL e vai para o Partido Progressista (PP).
  • 2006: É eleito para o 5º mandato como Deputado Federal. Passa a assumir as comissões da câmara de Constituição, Justiça e Cidadania; de Relações Exteriores; e de Defesa Nacional e de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado.
  • 2008: Bolsonaro envolve-se em nova polêmica. Em uma audiência pública, o Deputado faz declarações que contraíram a democracia, como a necessidade de uma nova demarcação de terras indígenas feitas pelo Governo Federal, em Roraima. Isso gerou conflitos entre indígenas e agricultores.
  • 2009: o PC do B (Partido Comunista do Brasil) ingressou com uma representação contra Bolsonaro, por falta de decoro.
  • 2014: O político é eleito para o seu 7º mandato como Deputado Federal. Nessa época, Bolsonaro se tornou mais conhecido pela população brasileira, devido a suas declarações que geravam polêmicas.

O Deputado se envolvia constantemente em conflitos com outros Deputados da Câmara, que representavam entidades de defesa de homossexuais e negros. Bolsonaro chegou a insultar colegas e também foi insultado por eles.

Em certa ocasião, ofendeu a Deputada Federal Maria do Rosário, afirmando que ela não seria estuprada porque não merecia. Bolsonaro, assim, se tornou réu no Supremo Tribunal Federal por incitar o estupro.

Durante a votação pelo impeachment da então presidente Dilma, no dia 17 de abril, dedicou o seu voto ao comandante Ustra – um dos mais agressivos torturadores do regime militar.

  • 2016: Bolsonaro filou-se ao PSC (Partido Social Cristão).
(Foto: Divulgação/Google/Imagens – Imagens livre de direitos autorais)

Bolsonaro para Presidente 2018

12 Motivos para votar!

Agora que você já sabe quem é Bolsonaro e um pouco sobre sua carreira política, conheça os motivos pelos quais os defensores do polêmico Deputado têm para votar nele nas eleições 2018. Alguns eleitores defendem a candidatura do político para a presidência do país.

1º motivo: Bolsonaro é heterossexual

Os defensores do político alegam que essa é uma qualidade importante para um presidente da república. Eles dizem que não se trata de preconceito, mas partem do princípio de que maior parte da população é heterossexual e, por isso, prefere ser comandada por alguém com essa mesma opção sexual.

2º motivo: O Deputado é contra o estupro de mulheres feias

Os eleitores de Bolsonaro acreditam que a declaração feita a Deputada Maria do Rosário é realmente uma verdade. Ou seja, que algumas mulheres não correm o risco de ser estupradas, como outras.

E que, além disso, o político não é favorável ao estupro. Tanto que Bolsonaro mantém um projeto de castração química para os homens que cometerem estupros.

3º Motivo: Protege as crianças de influências sobre o homossexualismo

Os defensores do Deputado se baseiam nas diversas vezes em que Bolsonaro se mostrou contrário a “doutrinação” que o homossexualismo é algo normal e que as crianças devem ser ensinadas desde cedo a ver tal situação como normal.

Tal conduta incentivaria a homossexualidade na população, hoje pequena, para criar adultos homossexuais não por opção, mas por incentivo.

4º Motivo: Nióbio, o “petróleo” nacional

O Brasil possui cerca de 98% do Nióbio do mundo. O Nióbio trata-se de um metal de grande valor, do qual depende a produção de aviões.

Bolsonaro teria projetos para transformar esse metal em algo parecido com o petróleo, disparando o preço das exportações de Nióbi a outros países. Assim, tiraria o país da instabilidade econômica em que se encontra hoje.

5º Motivo: Grafeno para o crescimento econômico

Os eleitores do Deputado têm mais um motivo para continuar votando nele. Bolsonaro defende ainda a alta dos preços do metal Grafeno – também encontrado em abundância no país.

O Deputado afirma que já nos primeiros anos de seu mandato, caso eleito para a presidência do Brasil, o país dará um salto econômico, a partir da importação do grafeno.

(Foto: Divulgação/Google/Imagens – Imagens livre de direitos autorais)

6 º: Defende o governo militar

Os defensores do polêmico político ainda apostam nele, devido a sua simpatia pelo governo militar. Para os eleitores, o país era mais seguro e economicamente estável durante esse período da história.

Os eleitores de Bolsonaro ainda afirmam que apenas baderneiros são contra o regime militar.

7 º Motivo: Não tem envolvimento com escândalos

Quem defende Bolsonaro como Presidente do Brasil 2018 usa, para se explicar, o fato de que o político está fora dessas enormes e confusas denúncias de desvio de dinheiro, lavagem de fortunas, formação de quadrilha, entre outros crimes.

Eles afirmam que Bolsonaro é um político honesto. Sendo assim, hoje o Deputado é a melhor opção para se votar.

8º Motivo: Economia crescente

Os defensores do Deputado dizem que Bolsonaro dá declarações contraditórias sobre economia propositalmente. Seria uma espécie de estratégia para confundir o raciocínio dos adversários políticos.

Mas, na verdade, Bolsonaro seria um gênio na economia e um dos únicos candidatos possíveis de fazer a economia brasileira voltar a crescer em pouco tempo

9º Motivo: Experiência

Bolsonaro ocupa nada mesmo do que seu 7º mandato como Deputado Federal Poucos políticos foram reeleitos tantas vezes no país.

Assim, os eleitores do Deputado defendem que Bolsonaro seria uma pessoa mais apta a ocupar o cargo de presidente, do que os seus possíveis adversários.

10º Motivo: Reformas necessárias

Com o espírito desbravador, corajoso e polêmico de Bolsonaro, seus eleitores defendem o voto no atual Deputado para a presidência, em razão dessas virtudes que Bolsonaro possui.

Seria um governo inovador, já que os brasileiros não aguentam mais do mesmo. Os seus defensores alegam que o político faria reformas nunca tentadas antes, elevando o Brasil no cenário mundial.

11º Motivo: O Lula odeia ele

Para os eleitores do Deputado esse é mais que um motivo positivo para votar em alguém.

Ser odiado por um presidente, como Lula, que levou o país a uma das suas maiores crises da história e que fora condenado a 12 anos de prisão, trata-se de uma “gentileza”.

12º Motivo: Defende a importância da família brasileira

Os eleitores de Bolsonaro explicam seu voto nele em razão do deputado defender a importância da real família brasileira.

Para eles, o conceito de família no país vem se degradando e ainda sendo ensinado às crianças. Com Bolsonaro na presidência, a formação da família tradicional voltaria a estar no centro da formação educativa de nossas crianças, tornando-as cidadãos mais conscientes e de bem, que valorizam a vida em família.

Polêmico

Odiado por um, adorados por outro. A decisão de voto é como sempre, do eleitor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios