Reumatologista o que é? Para que serve?

Reumatismo é uma doença que causa dor e desconforto ao paciente. O reumatologista é o médico que trata dessa doença. Continue lendo para descobrir como esse profissional pode te ajudar.

Com o desenvolvimento e modernidade da medicina, passamos a conhecer melhor nosso corpo e as condições em que ele se encontra durante um quadro de doença.

Muitas vezes sentimos dores e inchaço nos músculos ou nas articulações e não damos muita importância.

Dessa forma, acabamos prejudicando nossa saúde, podendo desenvolver uma enfermidade bastante grave e prejudicial um exemplo disso é a doença reumatológicas

As doenças reumatológicas são um grupo de doenças que alteram o sistema musculoesquelético. Esse sistema envolve os tecidos do corpo que são responsáveis por ligar, proteger, nutrir e sustentar outros tecidos.

Atualmente existem mais de 100 tipos de doenças reumáticas. As mais conhecidas são as doenças que afetam os músculos, ossos, tendões e ligamentos.

O médico reumatologista é o profissional que trata essa doença através de pesquisas e diagnóstico. Acompanhe a seguir quem é o médico reumatologista e qual sua função.

Entenda o que é um médico reumatologista

 

O profissional, para atuar como reumatologista, precisa inicialmente ter o diploma de medicina, tendo feito o curso e realizado os períodos de ciclo básico, internato e profissional, quando escolhe a sua especialidade.

Depois disso, o médico precisa passar por um processo, que dura cerca de dois anos chamado de residência médica em clínica médica. Nele, o médico recém-formado é assistido por uma equipe especialista na área. Esse processo acontece até o profissional estar apto a atuar como clínico geral e é um pré-requisito para atuação como especialista em outra área.

Para que se torne profissional em reumatologia, o médico precisa realizar mais dois ou três anos de residência em reumatologia, para então estar apto a exercer a função.

Depois desse processo de formação e conhecimento adquirido, esse médico costuma atuar em hospitais, clínicas, consultório particular, centros esportivos e academias. Pode ainda ser professor em faculdades ou trabalhar na área de pesquisa.

No atendimento aos pacientes, o reumatologista deve realizar tratamento através da solicitação e análise de exames e prescrição de remédios.

O médico deve também fazer acompanhamento da doença e realizar exames periódicos para prevenção. Caso queira, o médico pode se especializar em cirurgias, pois em alguns casos pode ser necessário a operação do paciente.

Todo profissional de saúde deve saber que estará lidando com a vida de uma pessoa. Sendo assim, qualquer médico deve ter responsabilidade, capacidade para trabalhar com pessoas e ter um bom equilíbrio emocional.

Reumatologista cuida de que?

(Foto: Divulgação/Google/Imagens – Imagens livre de direitos autorais)

 

Existem mais de 100 doenças conhecidas que são tratadas pelo reumatologista e todas possuem um ponto em comum, a dor nas articulações.

As doenças reumáticas afetam mais os idosos, crianças e jovens. De acordo com a faixa etária da pessoa existe a propensão de desenvolver determinado tipo de reumatologia.

Os pacientes que sofrem desses problemas sentem variados tipos de dores no corpo. Com isso, sua qualidade de vida é prejudicada, principalmente no realizar atividades comuns do dia a dia.

Vamos conhecer algumas das doenças tratadas na reumatologia:

  • Artrite:

É a inflamação nas articulações. Ela pode ser traumática, quando é causada por alguma fratura.

Infecciosa, quando ocorre devido a bactérias presentes nas articulações ou reumatoide onde o sistema imunológico ataca o corpo, gerando a inflamação nas articulações e destruindo as cartilagens.

A dores é muito incomoda e impossibilita fazer ações comuns do dia a dia como por exemplo, pegar um copo de água, ocorre nos ombros, cotovelo, pulsos e joelhos.

  • Artrose:

Acontece devido ao envelhecimento do corpo. Trata-se não de uma doença, mas sim de um fenômeno natural. Também chamada de osteoartrite, refere-se ao desgaste das cartilagens que revestem as articulações.

Uma alimentação adequada pode reduzir o risco do surgimento da artrose e logo não precisar consultar um reumatologista.

  • Fibromialgia:

Doença que afeta principalmente as mulheres. Nela o paciente sente dores por todo o corpo e sensibilidade nos músculos e articulações.

A doença não tem cura, é autoimune e o paciente pode ter que conviver com os sintomas e as dores por toda a vida.

  • Lombalgia:

É a famosa dor nas costas, mais localizada na região lombar. Geralmente é uma dor muscular causada por esforço físico feito de forma incorreta ou por má postura.

Muito comum na vida moderna, pela falta de postura no trabalho ou uso excessivo do celular. Porém o exercício físico pode auxiliar na diminuição das dores.

  • Bursite:

É uma inflamação das bursas e afeta principalmente a região dos ombros, cotovelos e quadril, mas pode se desenvolver em outras partes do corpo.

As bursas são pequenas bolsas que possuem líquido e estão localizadas entre os tendões, músculos e ossos.

Diagnóstico, tratamento e prevenção

 

A melhor forma de saber se você possui alguma doença reumática é indo ao médico especialista.

Pois só o reumatologista é quem pode diagnosticar a doença, através da conversa com o paciente, exame físico e realização de outros exames específicos.

Os exames são muito importantes, pois as doenças reumáticas possuem muita similaridade entre si. Portanto, através do exame é possível investigar detalhadamente qual a doença que o paciente possui e qual a melhor forma de trata-la.

Tendo o diagnóstico correto, o médico pode então indicar remédios e terapias necessárias para amenizar as dores, prevenir nova ocorrência da doença e aumentar a qualidade de vida do paciente.

Geralmente o tratamento envolve o uso de anti-inflamatórios e corticoide e em casos de doenças autoimunes é utilizado medicamentos imunossupressores.

Portanto, como cada doença envolve determinados tipos e sintomas, cada uma delas terá um tratamento particular, com o uso da medicação correta.

Quanto a prevenção dessas doenças, cabe ao médico diminuir os prejuízos, evitando que o paciente fique incapacitado de desempenhar suas atividades.

Pois a grande maioria das doenças reumáticas tem origem genética, sendo difícil evitar seu aparecimento.

Para evitar problemas mais graves, é importante a pessoa procurar o reumatologista assim que suas dores começarem a atrapalhar a execução das atividades diárias.

Todos sabemos que quanto antes buscar um especialista, mais chances terão de ter a cura ou melhora do problema.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios