Paralisia do sono o que é? Causas e Sintomas

Imagine que você acorda no meio da noite, sente-se bem e decide que irá levantar para beber água. Porém se corpo não reage, você está paralisado, será para sempre? O que houve? Descubra nesse artigo tudo sobre paralisia do sono!

A paralisia do sono é uma doença que pode surgir a partir dos 3 anos de idade, o portador pode ter que conviver com esse estado para o resto da vida.

Ela é mais comum em idades a partir de 14 anos e se caracteriza pela incapacidade temporária de se mover e falar seja antes de dormir ou depois de despertar.

Segundo o hospital Albert Einstein são mais de 2 milhões de casos por ano no Brasil e geralmente acontece em que possui narcolepsia (distúrbio do sono com quadro de sonolência forte durante o dia e incontrolável) ou apneia do sono (distúrbio no sono em que a respiração para e volta varias vezes).

Infelizmente essa é uma realidade que deve ser encarada sem medos, a cultura popular associou a doença a interferências sobrenaturais e ainda hoje você encontra muitos meios de comunicação informando que é normal ver “coisas de outro mundo. ”

Ela ocorre como mais recorrência ao despertar já que o corpo acorda na fase do sono REM (Rapid Eye Movement) ou seja movimento rápido dos olhos.

 É a fase do sono que é restauradora, onde temos os sonhos e a movimentação rápida dos olhos junto com uma alta atividade cerebral.

Acorda nessa fase é o motivo para acontecer a paralisia do sono e veremos esse motivo a seguir nesse artigo. Além disso você também descobrirá as causas e os sintomas.

O que é paralisia do sono?

 

A paralisia do sono é uma doença ou distúrbio do sono que acontece geralmente em pessoas que já possuam algum outro distúrbio do sono como narcolepsia ou apneia do sono.

Pode ocorrer no momento do transe do sono, da fase acordada para a primeira fase adormecida, ou sono leve, porém é mais raro.

O comum é que a paralisia do sono ocorra na fase 5 no momento do sono REM. A sigla em inglês significa movimento rápido dos olhos, é o momento que atividade cerebral volta a acelerar como se o indivíduo estivesse acordado.

É a saída do sono profundo com batimentos e pressão sanguínea baixas para uma maior atividade do corpo, quem desperta nessa fase geralmente se sente alerta e pronto para sair da cama, como não tivesse dormido a noite toda. Porém é nessa fase que o cérebro bloqueia os neurônios motores afim de que não haja movimentação do corpo.

Ao despertar nessa fase, pode então ocorrer a paralisia do sono, se você possui o distúrbio, por causa do bloqueio dos neurônios motores o indivíduo não conseguirá se mover e essa paralisia pode durar de dois a cinco minutos.

Outro fato interessante que explica as crendices populares é que por estar na fase mais clara dos sonhos, o despertar nesse momento pode proporcionar que se continue sonhando acordado, ai então a causa das alucinações.

(Foto: Divulgação/Google/Imagens – Imagens livre de direitos autorais)

Causas de paralisia do sono

 

As causas da paralisia do sono podem estar associadas a distúrbios do sono como narcolepsia e apneia do sono.

Nesses casos é necessário buscar auxílio médico afim de encontrar uma solução para abrandar o problema de paralisia do sono já que não há cura para a síndrome.

Porém além desses problemas, há outras causas que possam ser o motivo da paralisia do sono, mesmo se você tiver algum distúrbio de sono ou não, veja abaixo quais são esses sintomas:

  • Condições de distúrbios mentais, sofrer de estresse extremo ou possuir transtorno bipolar
  • Falta de rotina para dormir, saúde do sono afetada
  • Não praticar exercícios físicos regularmente
  • Não ter uma dieta balanceada
  • Consumir alta dose de remédios ou sem prescrição médica
  • Não dormir o suficiente
  • Consumo de cafeína ou estimulantes energéticos antes de dormir
  • Nível extremos de cansaço físico e psicológico
  • Uso de drogas
  • Sono não regular, dorme-se qualquer hora do dia

Sintomas de paralisia do sono

 

Caso venha ocorrer a paralisia do sono com você, não se assuste, o seu aparecimento é normal quando você vivencia alguma das causas e não acontecerá nada grave além das sensações.

Os principais sintomas que ocorrem na paralisia do sono são:

  • Não conseguir mover o corpo mesmo estando ciente que já despertou
  • Não há capacidade de mover a boca ou falar
  • Falta de controle sobre a respiração
  • Sensação de estar caindo ou flutuando sobre o corpo
  • Sensação de falta de ar, abafamento
  • Sentimento de angústia, medo ou estar sendo observado
  • As vezes sensação de afogamento
  • Alucinações de ouvir vozes ou que há alguém no local

 

Como evitar a paralisia do sono?

 

As vezes quem a possui pode levar o distúrbio para uma vida inteira se os motivos forem causados por outros distúrbios, mas se aconteceu com você pela primeira vez talvez seja necessário buscar auxilio medico ou se observar como anda a sua saúde do sono.

Para evitar que o quadro se repita você pode seguir as seguintes dicas:

  • Dormir de 6 a 8 horas seguidas
  • Dormir e acordar sempre na mesma hora
  • Evitar medicamentos excessivos e sem prescrição médica
  • Evitar o consumo de bebidas e alimentos energéticos antes de dormir como café, refrigerante, energéticos, chocolate.

Se o seu distúrbio ocorre mais que uma vez por mês é necessário você consultar um médico para realizar os devidos exames. O nosso corpo sempre dá sinais de que há algo errado, se observe!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios