Ocitocina o que é? Para que serve? O Hormônio do Amor!

Você nunca se perguntou por que a empatia pelas pessoas acontece? Por que gostamos tanto de umas e outras nem mesmo que façamos força para gostar, nada acontece? A resposta pode estar no hormônio do amor! A Ocitocina!

A Ocitocina é um hormônio produzido na hipófise ela está localizada no cérebro e é uma das principais glândulas do corpo. Conhecida por glândula mestra pois secreta hormônios que controlam o funcionamento de outras glândulas.

A ocitocina é conhecida como o hormônio do amor, ela age como neurotransmissor que irá regular o comportamento de interações sociais. Logo toda doença que tenha interferência na sociabilidade como o autismo pode ter distúrbios na produção desse hormônio.

Graças a estudos avançado já há Ocitocina na forma sintética e os resultados para doenças que afetam o social foi positivo, criando novas interações para aqueles que possuíam muita dificuldade com as relações.

Por auxiliar na interação social é que a Ocitocina ganhou a fama de hormônio do amor, há outros benefícios que podemos citar como:

  • Promove as contrações musculares no útero no momento do trabalho de parto
  • Reduz o sangramento durante e após o parto
  • Auxilia na liberação do leite materno
  • Auxilia na construção do apego, empatia e amor por outra pessoa
  • Responsável por parte da produção do orgasmo
  • Estudos (ainda em análise) dizem que a Ocitocina reduz o medo
  • Aumenta a memória longa para bons momentos
  • Cria desejo de caridade
  • Reduz o estado de abstinência em usuários de drogas

Veja mais a seguir, tudo sobre o hormônio do amor, seus benefícios, para que serve e em qual momento da sua vida ele pode lhe auxiliar.

(Foto: Divulgação/Google/Imagens – Imagens livre de direitos autorais)

O que é Ocitocina?

 

A Ocitocina é um hormônio conhecido por ser o principal auxiliar na gravidez no momento do parto, pois ele é o responsável das contrações no útero. Porém vale ressaltar que mesmo ele sendo essencial no momento do nascimento, o hormônio não é exclusivo das mulheres.

Ambos os sexos produzem a mesma quantidade, o cérebro libera a Ocitocina quando há contato com a pele, abraços, afetos. Também há estudos que indicam que quando há relação de confiança o hormônio é liberado.

Logo a Ocitocina é conhecida como hormônio do amor, responsável pelas interações, pela união das pessoas e desenvolvimento de ligações de carinho.

É liberado também no momento da amamentação, é considerada a sustância que cria os laços afetivos entre mães e filhos (as).

O interesse dos cientistas e de toda comunidade fã de descobrir mais sobre os segredos do funcionamento do corpo humano, veem na última década aumentando em relação a esse hormônio. A ciência vem se aprimorando e descobrindo novos benefícios sobre a Ocitocina

Os estudos relacionados estão apresentando novas noções sobre o funcionamento do cérebro e sobre as relações humanas. É importante frisar que além dos mistérios das relações humanas se pode estar encontrando um novo caminho para a compaixão.

Doenças de convívio social como o autismo, ao utilizar o hormônio sintético da ocitocina, demonstraram melhoras em suas interações, o que mostra que nossos sentimentos não dependem apenas do querer, mas sim da famosa “química” entre os corpos.

Outras doenças como a esquizofrenia e depressão pós-parto apresentaram resultados positivos para o uso do hormônio sintético. Assim como no tratamento da ansiedade e na perda de peso, pois a ocitocina controla o apetite, ou seja, quanto maior o nível do hormônio no sangue menor será a apetite.

Ocitocina para que serve e quais seus efeitos no corpo?

 

O hormônio da Ocitocina é um excelente aliado quando a questão é sociabilidade, suas funções são relacionadas com as interações entre dois indivíduos, ou seja, quando a troca de contato de pele com pele, o cérebro produz o hormônio.

Também quando há a criação do sentimento de confiança, a amamentação é um dos responsáveis por criar o sentimento entre mãe e filhos. Além disso a Ocitocina, também é conhecida como Oxitocina

Uma das funções em todos os estágios reprodutivos da mulher. Inicia na reprodução, fazendo parte do orgasmo, passando pelo parto, sendo responsável pelas contrações uterinas e por fim no auxílio para amamentar e no pós parto, evitando a depressão e hemorragias.

Veja abaixo outros benefícios do hormônio Ocitocina que ocorrem em nosso corpo.

(Foto: Divulgação/Google/Imagens – Imagens livre de direitos autorais)

Quais os benefícios do hormônio Ocitocina?

 

  • Alivia a ansiedade e o estresse:

Um estudo com mulheres que passaram por problemas sociais e relacionamentos desastrosos mostram a falta da Ocitocina em seus corpos. Assim como outros experimentos com ratos provaram que eles desenvolveram ansiedade, estresse e depressão quando foram afastados de seus irmãos.

Contudo, injeções de Ocitocina sintéticas foram aplicadas nos ratos o que melhorou os quadros sociais negativos apresentados, provando que as relações são as responsáveis da produção do hormônio.

A Ocitocina elimina esses sintomas de ansiedade, estresse e depressão e pode ser um importante aliada para encontrar a felicidade.

  • Cria o apego materno e combate a depressão pós-parto:

Segundo estudo publicado pela revista Psychological Science, as mães que possuíam um número elevado de hormônio no sangue conseguiam ter relações melhores com os seus recém nascidos.

As conexões foram mais rápidas e intensas criando um novo laço afetivo e de amor. Esses níveis altos também reduziram muito o risco de depressão pós-parto,

  • Fortalece as relações e aumenta a libido:

É através do abraço que o cérebro produz a Ocitocina, e também ela é responsável por uma parte do orgasmo.

  • Auxilia em uma melhor gravação de memórias afetivas:

Segundo a revista Proceedings of the National Academy of Sciences, a Ocitocina nos homens aumenta as primeiras lembranças sobre suas mães.

  • Reduz a dependência das drogas:

Segundo a revista Progress in Brain Research a Ocitocina reduz os sintomas da abstinência e a tolerância a drogas aditivas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios