Melancia engorda? Mito ou Verdade!

Todos sabemos que a melancia é uma fruta que sacia nossa sede e nossa fome, sem contar que é muito gostosa, não é mesmo? Mas será que melancia engorda? Descubra a seguir

A melancia é uma fruta importante e bastante completa para nosso corpo, mas você sabe se ela engorda?

Ela possui muitos nutrientes e vitaminas que ajudam a hidratar e aumentar a energia do corpo, além de ajudar a prevenir algumas doenças, como infecções, diabetes e alguns tipos de câncer.

Além de muito saborosa, a fruta é uma ótima opção para os dias quentes do verão. Composta por 92% de água e 6% de açúcar, muitas vezes quem está de dieta questiona se a melancia engorda ou não.

Ao consumir uma fatia da fruta, muitas pessoas se questionam se não estão acabando com a dieta, devido ao fato que a melancia é muito doce. Afinal, melancia engorda? Vamos descobrir?

Melancia Engorda ou Emagrece? Calorias, Carboidratos e Dicas

A melancia é uma fruta muito popular em todo o Brasil e bastante consumida, principalmente no verão, devido à grande quantidade de água presente nela.

Porém, quem está de dieta sempre se pergunta se ao consumir a melancia engorda.

Uma fatia da fruta tem aproximadamente 66 calorias, 1,8 gramas de proteína e 16,2 gramas de carboidratos.

Como podemos ver, ela não possui nada de gordura e é pouco calórica, o que faz dela uma fruta aliada das dietas de emagrecimento.

Em sua composição encontramos 92% de água, que é o nutriente mais importante para o bom funcionamento do nosso corpo, possuindo 6% de açúcar e, por isso muitas pessoas ficam na dúvida se melancia engorda ou não.

A melancia possui vários nutrientes e  vitamina A, vitamina B6 e vitamina C, que são de grande relevância para nosso organismo.

Apesar de ser uma fruta bastante doce, a melancia possui muito poucas calorias, por isso seu consumo moderado não engorda, pelo contrário, ajuda no processo de emagrecimento devido suas propriedades antioxidantes.

Precisamos consumir 3500 calorias para adquirir meio quilo de gordura corporal, assim é bem difícil dizer que a melancia engorda.

Afinal, uma xícara da fruta possui menos de 1g de gordura, 139g de água e uma quantia de fibras, aumentando a saciedade e ajudando a evitar que você consuma mais calorias numa mesma refeição.

Sendo assim, não podemos afirmar que a melancia engorda, nem que ela emagrece, pois tudo vai depender da quantidade e da frequência que você vai consumir a fruta e seus acompanhamentos.

Para uma dieta balanceada sempre será necessária uma consulta com profissionais da área como um nutricionista por exemplo.

Benefícios da Melancia

 

Para saber como a melancia pode te ajudar no processo de emagrecimento, vamos conhecer alguns benefícios que a fruta proporciona, muitos deles já comprovados.

Devido à grande quantidade de água, a melancia é uma ótima opção para hidratar o corpo.

Além de ser muito apetitosa, se for consumida moderadamente, a melancia proporciona muitos benefícios como a redução de triglicerídeos, combate a problemas urinários e renais.

A fruta também melhora a pressão arterial e o aspecto da pele, previne contra diabetes e AVC e ajuda com problemas oculares. Além disso, é um excelente anti-inflamatório, ajudando na redução do inchaço do corpo e na retenção de líquidos.

Inclusive, é uma opção saudável para quem gosta de doce e está de dieta ou em processo de reeducação alimentar, pois além de ser doce tem poucas calorias.

O consumo regular da melancia aumenta a imunidade do corpo em decorrência da sua abundância em vitaminas e minerais como ferro, cálcio, magnésio, fósforo e magnésio.

A melancia possui licopeno, um antioxidante que estimula a formação dos ossos e evita a osteoporose.

Possui também o betacaroteno que evita o estresse oxidativo, que é o excesso de radicais livres nas células. Dessa forma, seu consumo ajuda a prevenir alguns tipos de câncer, o envelhecimento precoce, e outras doenças.

(Foto: Divulgação/Google/Imagens – Imagens livre de direitos autorais)

Origem e Cultivo

 

A melancia tem sua origem na África, mais precisamente no Egito Antigo, no deserto de Kalahari.

Os primeiros registros de sua produção e consumo são de 5.000 anos atrás, onde há diversos registros de hieróglifos (artes sagradas do Egito) nas paredes das construções do país.

Depois do século 10, a fruta foi levada para a China, que é hoje o país que mais produz e consome a melancia.

A partir do século 13, através dos povos da Península Ibérica, a melancia foi levada para a Europa. E de lá, através dos escravos, a fruta chegou as Américas, onde hoje possui boas posições no ranking de produção.

No Brasil, a melancia é cultivada em quase todo o país, sendo que em muitas regiões ela se dá de forma espontânea.

O plantio acontece melhor em regiões onde predominam o clima quente, com temperaturas entre 21 e 35 graus, pois a melancia gosta de sol e não é muito resistente a geadas.

Estima-se que no ano de 2018, a produção foi de mais de 300 mil toneladas, sendo cultivada principalmente em Pernambuco, São Paulo, Piauí, Goiás, Maranhão, Bahia e Rio grande do Sul, o qual foi o maior produtor em 2018.

Curiosidades

 

  • Existem atualmente mais de 300 variedades da fruta.
  • Existem 5 tipos de melancia mais comuns: Melancia com e sem semente, melancia mini ou baby, amarela e vermelha.
  • A fruta pertence à família do melão e da abóbora e possui cores vibrantes.
  • É uma planta rasteira, com folhas amareladas.
  • É afrodisíaca, ajudando no combate da impotência sexual.
  • A maior melancia já vista possuía 268 kg.

Como escolher uma boa melancia

 

Quantas vezes você não sabia qual escolher no mercado, não mesmo? Todas parecem iguais mas há dicas preciosas que vão lhe auxiliar a escolher a mais saborosa, veja a seguir:

Verifique se a fruta possui manchas

A fruta cresce no chão, por isso sempre possui algumas manchas amarelas, então, na hora de comprar, veja se as manchas estão claras ou escuras. A mais escura, certamente será a mais madura.

Peso e tamanho

Não compre uma melancia muito grande nem muito pequena, pois ela será ou muito aguada ou muito doce. Opte sempre pelas frutas médias elas tem o equilíbrio ideal entre suculência e doçura.

Olhe a haste

A haste é aquele cabo que fica na ponta da fruta. Se ele estiver verde é sinal que a polpa ainda não está boa para ser consumida. Mas se estiver seco é porque a melancia está madura, pode comprar sem medo.

Eai gostou? Deixa seu comentário, vamos adorar essa interação.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios