Imunologista o que é? O que faz? Qual a sua importância?

Se consultar com um médico imunologista é de vital importância para que a sua saúde fique em dia. Mas poucas pessoas sabem o que esse profissional da saúde faz. Continue lendo o artigo e fique por dentro de tudo.

Cada vez mais pessoas têm entendido a importância de ficar de olho na saúde. O nosso corpo sofre com influências do meio externo, com a nossa genética e com os nossos hábitos de vida. As doenças são os vilões contra o nosso bem estar e o imunologista é o herói que pode nos livrar desse mal.

Portanto, é mais do que necessário tomar um cuidado especial e fazer check-ups com frequência. Porém, muitos deixam de lado a consulta com o imunologista, e deixam de tomar cuidado com a primeira linha de defesa do nosso corpo, o sistema imune.

Veja a seguir o quanto é importante saber todas as áreas que esse profissional atua, e o quanto ele pode ser primordial para a nossa sobrevivência.

O que é um imunologista

O nosso corpo é um organismo complexo. Porém, toda essa complexidade é ordenada em níveis organizacionais, ou seja, nosso corpo é constituído por:

  • Células
  • Tecidos
  • Órgãos
  • Sistemas

Por existirem muitos órgãos, sistemas e variáveis que atuam no nosso organismo, é normal que haja uma segmentação no estudo da medicina.

Logo, um médico não teria como conhecer todas as peculiaridades relativas a todos os órgãos e sistemas do nosso corpo.

Diante disso, um médico imunologista, é aquele que escolheu especializar-se no estudo do sistema imunológico humano. Estudando profundamente as células envolvidas no mesmo, o funcionamento de cada órgão individualmente e a interação entre esses órgãos formando um sistema.

A partir do estudo do funcionamento correto e adequado do sistema imunológico, o médico imunologista poderá diagnosticar alterações nos sistemas imunes de seus pacientes.

Tais alterações podem ser casos de imunodeficiência, doenças autoimunes, casos de alergia.

O sistema imunológico é a primeira linha de defesa do nosso corpo, ele nos protege contra gripes, doenças virais, infecções e intoxicações.

Portanto, o imunologista é aquele que garante que o nosso corpo esteja preparado para manter-se alerta e saudável.

Para que serve o médico imunologista?

(Foto: Divulgação/Google/Imagens – Imagens livre de direitos autorais)

O médico imunologista é o responsável por avaliar a competência do seu sistema imunológico. Ou seja, através de exames específicos ele irá checar se o seu organismo está alerta e pronto para detectar infecções por vírus, bactérias e protozoários.

Ele também avaliará a qualidade e rapidez de resposta do seu sistema imunológico, a fim de diagnosticar a eficiência do mesmo em conter uma infecção.

Sendo assim, ele examinará as condições dos seus anticorpos, que são glicoproteínas produzidas pelo seu corpo para reagir contra corpos estranhos que entram no nosso organismo.

O nosso sistema imunológico começa a ser desenvolvido a partir do momento em que nascemos. Na infância, quando interagimos com animais, poeira, alimentos, bactérias, vírus. Assim o nosso corpo desenvolve anticorpos específicos para lidar com cada situação.

Dessa maneira, ficamos protegidos contra esses compostos e micro-organismos com os quais tivemos contato.

Uma das funções do imunologista é checar a quantidade e variedade de anticorpos do seu corpo, para saber quais são as suas principais linhas de defesa.

Se o mesmo encontrar alguma deficiência no seu sistema imune, ele poderá te receitar tratamentos que aumentarão a sua imunidade e a sua produção de anticorpos.

O que faz um médico imunologista

O médico imunologista faz uma avaliação do seu sistema imunológico, a fim de detectar se há alguma alteração ou mau funcionamento no mesmo. Ele é médico responsável por tratar imunodeficiências, alergias a alimentos ou medicamentos e doenças autoimunes.

A maior parte das avaliações pode ser feita mediante um exame de sangue, e o tratamento varia para cada caso. Abaixo consta uma lista com os principais transtornos de saúde que podem ser tratados pelo imunologista:

Artrite Reumatoide

A artrite reumatoide é uma das doenças autoimunes tratadas pelo imunologista. O que acontece é que por um motivo ainda desconhecido o corpo de certas pessoas produz auto anticorpos.

Esses autos anticorpos atuam contra o próprio organismo que os produziu e, no caso da Artrite Reumatoide, atacam as células das articulações, causando dores e inflamações.

Esclerose Múltipla

A esclerose múltipla também é uma doença autoimune que ataca as células do sistema nervoso central. Ou seja, a esclerose múltipla é uma doença relacionada com o Cérebro, a Medula Espinhal e os Nervos Óticos.

Diabetes Tipo 1

Poucas pessoas sabem, mas a diabetes tipo 1 também está relacionada com auto anticorpos. Esses autos anticorpos atacam as células beta das ilhotas pancreáticas e impedem que a pessoa efetue o correto metabolismo de açúcar no organismo.

Pessoas com diabetes tipo 1 devem ser constantemente acompanhadas pelo imunologista, pois o quadro pode se agravar para cetoacidose diabética, uma condição aguda da doença e de difícil tratamento.

Lúpus

O lúpus é a doença autoimune mais conhecida e que têm se tornado cada vez mais comum, principalmente entre as mulheres, aqui no Brasil. Assim como a artrite reumatoide, o lúpus é uma doença inflamatória.

Porém, as células atacadas são mais abrangentes. Os autos anticorpos podem atacar células de vários tecidos e órgãos como: pele, articulações, rins, fígado e etc. Levando o paciente a sentir fadiga, dores pelo corpo e febre.

HPV e HIV

Doenças sexualmente transmissíveis como o HPV e HIV têm origem viral e costumam afetar a imunidade do portador. Portanto, usualmente, é realizado um tratamento em conjunto entre o médico infectologista e o imunologista.

Os primeiros têm como alvo combater a infecção e reduzir os seus danos, enquanto o segundo foca em aumentar a imunidade e a resposta ao tratamento como um todo.

Qual a importância de consultar um médico imunologista

A visita ao médico imunologista é obrigatória se você possui algum sintoma que indique uma doença autoimune. Só ele poderá te oferecer um tratamento adequado para mitigar os danos, e quanto mais cedo o diagnóstico, melhor.

Consultar o imunologista também útil quando você possui algum quadro de alergia, quer seja a medicação, alimentos ou compostos orgânicos, como pólen.

Ele poderá fazer exames e diagnosticar a gravidade da sua alergia e, com base nessa informação, estipular um tratamento que te auxilie a ter uma qualidade de vida melhor.

Por fim, ainda que você não tenha nenhuma das condições apresentadas acima, é bom marcar uma consulta com o imunologista uma vez por ano.

Para avaliar a eficiência do seu sistema imunológico e te ajudar a estar com as defesas do seu organismo funcionando a todo vapor.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios