As 20 maiores Cachoeiras do Mundo

A grandiosidade do nosso planeta Terra se resume nas magnificas cachoeiras. Elas podem ser em queda livre ou em partes, mas as suas totalidades são obras de arte vivas na natureza. Veja tudo que você precisa saber sobre as 20 maiores cachoeiras do mundo!

Em qualquer lugar do mundo há cascatas e cachoeiras, desde a muito pequenas até a gigantescas de quase 1 km de altura. Você certamente conhece algum e até mesmo já visitou ou tomou um bom banho gelado em uma cascata.

Mas o que talvez você não saiba é que no mundo, graças a movimentos de placas tectônicas e chuvas de lavas, cachoeiras imensas se formaram, transformando paisagens em verdadeiros paraísos.

Então para você poder fazer o seu roteiro de viagens ou pelo menos sonhar em um dia poder ir, a Top Maiz criou a lista das 20 maiores cachoeiras do mundo. Os grandes campeões mundiais de possuírem as maiores cachoeiras são Peru, Estados Unidos e Noruega.

Qual será o local que tem a maior cachoeira do mundo? Faça suas apostas e prepare sua mochila, seu mapa e seu cantil de água e embarque nessa aventura de descoberta das maiores cachoeiras do mundo!

20º Cascatas de Trou de Fer – França

20º Cascatas de Trou de Fer – França

Abrindo a nossa lista regressiva (para manter o suspense) encontramos as belas cascatas de Trou de Fer na vigésima posição de cachoeira mais alta do mundo.

Situada em meio a uma região vulcânica, que por sinal é um dos motivos das grandes cachoeiras pois as atividades vulcânicas que um dia existiram formaram grande depósito de rocha derretida, ou seja, lava.

O nome do loca é Reunião, na França, as cascatas apresentam 725 metros de altura que se distribuem em quedas vindas do rio Bras de Caverne.

Com dois lados distintos, um com o desfiladeiro e o outro contando com uma grande cratera, sendo impossível chegar a sua base, as águas caem no rio Rivière du Mât rumo ao desconhecido.

Com um total de seis quedas de água, as cascatas de Trou de Fer, “Buraco de Ferro” em sua tradução literal, oferece uma paisagem escandalosamente magnífica.

19º Salto Yosemite – Estados Unidos

19º Salto Yosemite – Estados Unidos

Com um total de 739 metros de altura, o salto Yosemite está localizada no Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia, Estados Unidos.

Possuindo épocas ideais para ser visitada, sendo o verão a melhor delas, a atração que o salto Yosemite oferece a seus espectadores, é dividia em três partes.

Sua maior queda (Upper Yosemite Fall), possui aproximadamente 440 metros. É a principal e mais difícil de ser observada. A caminhada até o topo é bem cansativa, levando cerca de 8 horas justificando por que é uma das cachoeiras mais altas do mundo.

Em seguida, temos as cascatas médias (Middle Cascades) compostas por cinco pequenas quedas com cerca de 206 metros, e a base (Lower Yosemete Fall), com uma queda de 98 metros.

Composta pelas águas do rio Yosemite, o salto Yosemite, se lança das alturas até chegar no rio Merced.

18º Johannesburg Falls – Estados Unidos

18º Johannesburg Falls – Estados Unidos

Encontrada em Washington, Estados Unidos, a 18º cachoeira mais alta do mundo é a Johannesburg, com seus incríveis 751 metros de altura. Somando um total de cinco quedas que descem de sua íngreme montanha, a cachoeira possui uma das maiores quedas de água do continente.

Apesar de produz muito volume de água, por conta de sua altura e estrutura, as quedas não são tão fortes, são suavizadas pela estrutura da cachoeira.

Com origem de várias geleiras situadas ao topo da montanha, a cachoeira desagua em uma bifurcação que mais tarde se encontra ao rio Cascade.

Podendo avistar suas leves quedas da estrada, a cachoeira de Johannesburg, parece manter-se estável sendo possível visita-la durante qualquer época do ano.

17º Kjelfossen – Noruega

17º Kjelfossen – Noruega

Com um total de seis quedas, Kjeilfossen é considerada uma das maiores cachoeiras da Noruega. Localizada no município de Aurland, em Song Og Fjordane, possui cerca de 755 metros de altura que também podem ser vistas ainda na estrada que levam a elas.

Resultado de vários lagos que correm acima das formações rochosas, as cachoeiras caem no rio Kjelfossgrovi e seguindo o fluxo natural da água.

As cascatas possuem uma dependência relacionada a neve, já que o fluxo depende do derretimento dessa neve. Logo as cachoeiras possuem temporadas específicas para serem apreciadas por seus visitantes, sendo que em épocas mais frias com o surgimento da neve e diminuição da quantidade de água, o fluxo é praticamente inexistente.

Com uma vista evidentemente marcada pelas quedas, Kjelfossen merece seu destaque na lista de cachoeira mais alta do mundo.

16º Mutarazi Falls – Zimbábue

16º Mutarazi Falls – Zimbábue

Situada no Parque Nacional de Nyanga, na província de Manicalândia, no Zimbábue, é a segunda maior cachoeira da região com 762 metros de altura.

Uma curiosidade local, é que Mutarazi, é soletrada sem o “u” (Mtarazi), entretanto os moradores da região consideram a forma correta de pronúncia com a letra “u”.

Dividida em duas quedas, apresenta um bom fluxo durante todo o ano, apesar de possui maior volume de queda em épocas chuvosas.

Com uma diversidade imensa, a região possui uma fauna e flora incríveis, que complementam a visão das águas que caem majestosamente, formando juntos um cenário que faz com que seus visitantes se sintam em um verdadeiro paraíso.

15º Catarata Gocta – Peru

15º Catarata Gocta – Peru

A catarata Gocta está situada na província de Chachapoyas, no Amazonas do Peru. Compostas de formações rochosas que passam suavemente pelas nuvens, a catarata possui cerca de 771 metros de altura e apresentam duas quedas de fluxo constante, que podem ser vistos a qualquer época do ano.

Embora conhecida por moradores locais, só foi documentada em 2002 e medida em março de 2006, pelo alemão Stefan Ziemmendorff que teria afirmado na época que a catarata Gocta seria a terceira cachoeira mais alta do mundo. Mais pra frente, acabou passando para a quinta posição.

Entretanto as afirmações são consideradas ultrapassadas, e hoje, com mais pesquisas e dados registrados, a catarata Gocta se encontra na posição de décima quinta cachoeira mais alta do mundo.

14º Mongefossen – Noruega

14º Mongefossen – Noruega

Medindo um pouco mais de 772 metros, Mongefossen é uma cachoeira que se situa na região de More og Romsdal, na Noruega.

Composto pelas águas do lago Mogevatnet, apesar de alta, a 14º cachoeira mais alta do mundo, infelizmente apresenta um fluxo muito baixo, que mesmo com as chuvas, insiste em permanecer em um volume quase nulo.

Isso acontece por conta da instalação de uma usina próxima que acabou desviando uma boa parte das águas do lago. Por conta disso, o rio Mongeelva, que dependia da queda de água da cachoeira, acabou secando.

Quando ocorre muita chuva na região, o volume se torna mais alto e consequentemente o sistema acaba liberando mais água. Só então é possível observar melhor a cachoeira.

Infelizmente a ação do homem prejudicou e muito uma obra prima da natureza, porém ainda ela está viva e depende muito da chuva para continuar sendo uma das cachoeiras mais altas do mundo, uma raridade que pode ser vista para poucos e sortudos.

13º Salto Colonial Creek – Estados Unidos

13º Salto Colonial Creek – Estados Unidos

Classificada como a cachoeira mais alta dos Estados Unidos, e também marcando presença no ranking de cachoeira mais alta do mundo, o salto Colonial Creek, está localizado no Parque Nacional das Cascadas do Norte, em Washington e possui em média 788 metros de altura.

Distribuído por treze quedas de água que descem do alpe americano, apresenta uma interessante inclinação de aproximadamente 65 graus.

O fluxo das águas do salto, formam uma corrente moderada pela qual vai descendo até se encontrar com o rio Diablo. Por conta disso, mantem-se estável durante todo o ano.

Sendo bem localizado e de fácil acesso a seus visitantes, o salto é composto por uma paisagem encantadora, e pode ser visitado em qualquer período.

12º Cataratas de Waihilau – Estados Unidos

12º Cataratas de Waihilau – Estados Unidos

Encontradas no Vale Waimanu, no Havaí, Estados Unidos, possui cerca de 792 metros de altura. Dona de uma grande paisagem surreal, as cachoeiras não deixam barato para aqueles que querem chegar até elas.

Por ser um local mais isolado com acesso quase impossível, o número de visitantes é muito baixo. Como não há estradas definidas, é necessário seguir por caminhos cheios de imperfeições. Logo é necessário ter muita experiência em andar em locais de acesso penoso.

As paredes rochosas extremamente íngremes, que lembram uma espécie de cone, se encontram cercada por árvores e sustentam enormes quedas de água enfileiradas lado a lado, fazendo com que a paisagem vista seja um verdadeiro deslumbre, é magnífico ter a oportunidade de ver as cataratas de Waihilau.

11º Ramnefjellsfossen – Noruega

11º Ramnefjellsfossen – Noruega

Com um total de 818 metros, Ramnefjellsfossen é uma cachoeira encontrada em Nesdal, na Noruega. Composto por duas grandes geleiras, suas linhas quedam até o lago Lovatnet. O fluxo de água é relativamente baixo, comparado a outros dessa lista.

A visão da 11º cachoeira mais alta do mundo encanta a qualquer um que visite o local. A montanha que toca as nuvens, cobertas por gelo, pode ser vista de avião, de barco ou por terra, possuindo uma trilha que vai até a sua base.

Um fato curioso, é que já ocorreram dois deslizamentos de terra na montanha em que se encontra a cachoeira. Um em 1905 e outro em 1936, que acabou deixando centenas de mortos. Não é nada fácil fazer a trilha para poder chegar nesse local incrível.

10º Strupenfossen – Noruega

10º Strupenfossen – Noruega

s cascatas de Strupenfossen, localizada em Gloppen, também em Sogn og Fjordane, na Noruega, conta com 820 metros de altura e uma incrível paisagem de vegetação marcante e enormes montanhas.

Divididas em pequenas quedas, as cascatas são alimentadas, em sua maioria, por geleira, o que as tornam mais fortes em certas épocas do ano de derretimento do gelo e mais fracas em outras quando o inverno fica mais forte.

O rio Strupen, que também banha as cachoeiras, serve para o desenvolvimento de energia da região.

As cascatas de Strupenfossen está entre as cachoeiras mais altas da Noruega, e a décima cachoeira mais alta do mundo. De fácil localização, pode ser apreciada por aqueles que gostam de um belo cenário natural.

9º Cataratas James Bruce – Canadá

9º Cataratas James Bruce – Canadá

Apresentando 840 metros de altura, James Bruce é um espetáculo canadense. Suas quedas são marcadas por linhas de água feitas através de gelo derretido.

A transição que liga a grande queda à Louquilts Creek, oferece a seus visitantes uma paisagem única e marcante como poucas.

Composto por um cenário abundantemente rochoso, delineado por sua vegetação característica, as cataratas James Bruce se encontram na Colúmbia Britânica, no Parque Provincial Marinho Princess Louisa.

Por depender do derretimento da neve para fluir, uma das quedas fica extremamente dependente das estações do verão para que tenha um fluxo constante. Fazendo com que, em determinadas temporadas, como no alto do inverno, seja possível apreciar sua beleza de forma esplêndida.

8º Salto Pu’uka’oku – Estados Unidos

8º Salto Pu’uka’oku – Estados Unidos

Presente na ilha Molokai, no Havaí, Estados Unidos, essa cachoeira possui uma incrível queda. Medindo cerca de 840 metros de altura, o salto Pu’uka’oku se encontra na posição de oitava cachoeira mais alta do mundo.

Para ver essa bela paisagem não é preciso fazer uma trilha, pois em um local tão isolado que seu acesso é impossível. Porém há aviões que sobrevoam a ilha e dão uma boa visão tanto do salto Pu’uka’onu, quanto da catarata Olo’upena, presente em lados distintos da ilha.

Em torno de uma vegetação exuberante, o salto se mostra como um pequeno fio de água em meio ao imenso verde da floresta é digno de cena de filme!

7º Balaifossen – Noruega

Com cerca de 850 metros de altura, temos a cachoeira Balaifossen, localizada em Ulvik, na Noruega o paraíso das cachoeiras, elas são feitas pelas águas do rio Balai.

Apesar de ser uma das mais altas, o volume não é dos maiores, tendo épocas bem demarcadas para presenciar a cachoeira em sua melhor performance. Isso porque a atitude é muito alta e o rio depende da água derretida acima da montanha para que o fluxo da cachoeira seja abundante.

Envolta de uma vegetação uniforme e composta por leve linhas de quedas de água, a cachoeira Balaifossen oferece uma linda paisagem, que convida aqueles que a admiram a uma profunda sensação de tranquilidade.

6º Vinnufossen – Noruega

6º Vinnufossen – Noruega

Entre a mais alta da Europa, e também entre as principais na lista de cachoeira mais alta do mundo Vinnufossen está situada em Sunndal, na Noruega, com 860 metros de altura.

Assim como a cachoeira Balaifossen, o volume de água fluente tende a ser baixo, variando pouco dependendo das mudanças climáticas.

As águas que compõem a cachoeira é surpreendentemente resultado do derretimento de geleiras, que acabam compondo o rio Vinnu, descendo penhasco a baixo e desaguando no rio Driva.

Sendo uma das mais espetaculares cachoeiras, Vinnufossen, com suas altas paredes rochosas e quedas de águas se dividindo por toda sua extensão, formam um cenário de encher os olhos.

5º Catarata Yumbilla – Peru

5º Catarata Yumbilla – Peru

A cachoeira de Yumbilla se situa na província de Bongará, na região amazônica do Peru e está no TOP 5 das cachoeiras mais altas do mundo, quais serão as outras quatro maiores, veja logo a seguir!

A catarata apresenta um pouco mais de 895 metros de altura, e é conhecida por ser a última grande queda de água a ser descoberta.

Tomando o lugar de Gocta, a catarata que, até então, era considerada a mais alta peruana, Yumblilla possui quedas que contam com o rio Cocahuayco. Assim como as anteriores, as quedas dependem muito do volume de chuva da região, que quanto mais alto, mais atrativa se tornam.

O volume de chuva é grande na região o que faz com que as cachoeiras estejam sempre fortes e vivas.

Com a mais recente descoberta, o Peru passou a organizar excursões que vão desde a catarata de Yumbilla, às outras que se encontram ao redor, incluindo a catarata de Gocta.

4º Cataratas de Olo’upena – Estados Unidos

4º Cataratas de Olo’upena – Estados Unidos

Também localizadas na ilha de Molokai, no Havaí, é uma catarata que, por ser isolada, pode ser melhor apreciada de avião. Apesar do difícil acesso à paisagem, as cataratas de Olu’upena possui aproximadamente 900 metros, a colocando entre a principais cachoeiras mais altas do mundo e a quarta colocada na nossa lista das maiores do mundo.

Cercadas pela vegetação nativa e pelas altas montanhas rochosas, faz com que uma trilha no local seja impossível de ser feita.

As íngremes montanhas, foram resultado de mais de um milhão de anos de atividade vulcânica desse lado da ilha, fazendo com que as cataratas acabassem desaguando diretamente no oceano pacífico.

3º Las Tres Hermanas – Peru

3º Las Tres Hermanas – Peru

E já entre as três cachoeiras mais altas do mundo defendendo também o Peru como berço de grandes cachoeiras. No país temos as Cataratas Las Tres Hermanas, localizadas no Peru, próximo a cidade de Ayachuco. O nome se dá por conta das quedas, que são separadas uma das outras, porém, apenas uma pode ser vista por terra.

Com as águas do rio Cutiverani, as cataratas possuem cerca de 914 metros de altura. Ao final das quedas, podemos encontrar um pequeno lago que tem em torno de 4 metros de profundidade.

Formado por um belo cenário, as cataratas compõem uma obra de arte junto de sua vegetação tipicamente tropical, perfeito para aqueles que gostam de aventura.

2º Cataratas do Tugela – África do Sul

2º Cataratas do Tugela – África do Sul

Com seus incríveis 948 metros de altura, as Cataratas do Tugela, se encontram na posição de segunda cachoeira mais alta do mundo e surpreendem a lista já que não estava entre os países tradicionais de grandes quedas de água.

Fazendo parte do Parque Nacional do Natal, na província de KwaZulu-Natal na África do Sul.

Com as maiores quedas da África, composta por cinco quedas ao todo, tem como o rio Tugela, que é um dos maiores e mais importantes rios do país em que se situa.

O nome do rio, que dá origem ao nome das cataratas, traz um significado que condiz perfeitamente com o cenário: surpreendente, e que por esta razão, a vice campeã da lista das cachoeiras mais alta do mundo, atrai visitantes do mundo todo durante o ano.

1º Salto Angel – Venezuela

1º Salto Angel – Venezuela

Por fim, a maior cachoeira do mundo está localizada no Parque Nacional de Canaima, no estado de Bolívar, na Venezuela.

A região realmente possui grande espetáculos da natureza já que o Peu, país próximo está entre os grande detentores dessas maravilhas.

Formada pelo rio Churún, com impressionantes 979 metros de altura, é a grande campeã entre as cachoeiras mais altas do mundo.

O nome foi uma homenagem ao explorador americano Jammes Crawford Angel, que a descobriu esse incrível lugar em meados de 1933.

Não imposta de qual perspectiva você tenha dela, é incrível ver a imagem dessa maravilha do mundo, um espetáculo divino.

Além de contar com uma paisagem de tirar o fôlego, o Parque de Canaima coberta por uma extensa manta verde, possui uma grande biodiversidade e grandes formações rochosas.

Com 807 metros de queda, é descrito por seus visitantes como um verdadeiro paraíso das cachoeiras, levando encanto e inspiração a todos que se dispõem a vê-la de perto.

Essa gigantes da natureza impressionam a qualquer um e os amantes da natureza precisam visitar um local como o salto Angel, é magnifico, é grandioso, é inigualável, vale a pena fazer essa visita.

Essas foi a lista da Plugadus das 20 cachoeiras mais altas do mundo, escolha as que você deseja visitar, faça sua mochila e boa viajem! Não esqueça de compartilhar essas importantes e interessantes informações em suas redes sociais!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios